XV: Pereira pede foco em busca dos três pontos

No jogo de hoje, Marcelo Fernandes também é uma das esperanças de gol.

14/10/2018 | 10:00
Última atualização: 14/10/2018 | 10:09

Fotos: Vitor Prates.

Depois de quatro temporadas atuando no Catar, o volante Pereira, já com a Copa Paulista em andamento, chegou sem muito alarde ao XV de Piracicaba. Logo na primeira partida do técnico Cléber Gaúcho no retorno ao clube, contra o Rio Claro, no estádio Dr. Augusto Schimidt Filho, Pereira foi uma das novidades no time titular e, desde então, vem formando ao lado de Fraga uma boa dupla no meio-de-campo quinzista.

Os bons resultados aumentaram após isso e o primeiro gol com a camisa zebrada aconteceu na derrota por 2 a 1 para o Novorizontino, na rodada anterior, no Barão da Serra Negra. “A sensação foi muito boa, ainda mais que foi o gol de empate. Foi muito importante empatar a partida logo em seguida ao gol que sofremos”, disse, antes de analisar a parceria com o prata da casa do Nhô Quim. “Nós temos características parecidas: os dois marcam e conseguem sair para o jogo. Por enquanto, graças a Deus, vem dando certo. Estamos nos entendendo bastante”, analisou.

Segundo o atleta, o momento foi ainda mais especial pelo fato do tento ter saído em Piracicaba. “Foi muito prazeroso marcar diante da torcida, que é maravilhosa. Os torcedores estão em todas as partidas vindo em bom número e nos apoiando. Então, foi bom demais ter anotado meu primeiro gol pelo XV no Barão”, comentou o jogador, que ressaltou, no entanto, que o entusiasmo com o incentivo vindo das arquibancadas tem que ser levado com cuidado.

“Às vezes, no ímpeto da torcida, acabamos nos lançando ao ataque e não é bem assim que as coisas funcionam no futebol. Nossos adversários sabem da nossa qualidade, se fecham e nós temos que ter um pouco mais de paciência para rodar a bola e conseguirmos furar o bloqueio defensivo”, falou, antes de externar sobre o que espera de diferente do Alvinegro Piracicabano no novo encontro entre as equipes, às 10h00 deste domingo, 14, no Dr. Jorge Ismael de Biasi.

“Temos que entrar mais focados, porque no último jogo houveram alguns lances em que oscilamos muito. Desta forma, temos que ir a campo ligados e determinados para conseguirmos trazer os três pontos para casa e, quem sabe, assumirmos novamente a liderança”, concluiu, ao lembrar que um ponto separa o XV do Taubaté, líder do grupo 8 com cinco pontos. A vantagem sobre o time de Novo Horizonte é no saldo de gols. O Ituano é o quarto, com três pontos ganhos.

Fotos: Vitor Prates.

Marcelo Fernandes
Contratado para ser o “homem-gol”, o atacante Marcelo Fernandes foi aos poucos ganhando seu espaço no XV de Piracicaba nesta Copa Paulista. Aos 27 anos, o atleta tem no currículo experiências no Palmeiras-B e fora do Brasil, onde atuou pelo Wacker Innsbruck da Áustria, pelo Yangon United de Mianmar e pelo Sai Gon do Vietnã. Campeão potiguar pelo ABC no primeiro semestre, o jogador teve de superar um obstáculo na chegada ao Nhô Quim.

“No começo, eu não estava nas minhas melhores condições físicas. Foi um momento de readaptação para chegar ao nível ideal”, disse Fernandes, que balançou as redes adversárias duas vezes neste torneio e tem buscado colaborar também de outras formas. “A minha posição é centroavante e tenho que estar ali perto do gol, para abrir espaços para quem chega de trás e ajeitar a bola quando possível. Fomos ajustando isso ao longo da competição”, completou.

O revés sofrido na rodada anterior, no Barão da Serra Negra, fez com que o assunto rendimento em Piracicaba voltasse à pauta em entrevista coletiva concedida no início desta semana. “Se tratando de jogar em casa, nós temos que propor o jogo, sair mais para o ataque e com isso os adversários tem se aproveitado. Mas, vendo essa última partida, contra o Novorizontino, nós fizemos um bom jogo. Infelizmente, não fomos felizes nas finalizações”, avaliou.

O Alvinegro Piracicabano teve a semana toda de preparação para iniciar o returno do grupo 8 diante do próprio Novorizontino, às 10h00 deste domingo, 14, no estádio Dr. Jorge Ismael de Biase, em Novo Horizonte. A tabela de classificação segue embolada, com o Taubaté na primeira colocação, com cinco pontos ganhos. Os comandados de Cléber Gaúcho estão em segundo, com quatro pontos e vantagem sobre o Tigre do Vale no saldo de gols. O Ituano é o quarto, com três.

“Foi passado o que fizemos de bom e de ruim. Mesmo com a derrota, por incrível que pareça, foram mais coisas boas do que ruins. Como eu disse anteriormente, infelizmente, por dois detalhes, um gol de bola parada e outro após um escanteio a nosso favor, que proporcionou o contra-ataque, sofremos os gols. Procuramos corrigir esses erros e, mesmo sabendo que não será um jogo fácil, acreditamos em uma boa atuação e que podemos vencer”, falou Fernandes.

Piracicaba Digital

PIRADIGITAL © 2017 Todos os direitos reservados