XV apresenta reforço em último dia de preparação para enfrentar o Taubaté

Jogo acontece nesta sexta-feira, às 20h, em Piracicaba.

28/09/2018 | 09:28
Última atualização: 28/09/2018 | 09:32

Fotos: Sara Yamaguti.

O XV de Piracicaba realizou na tarde da quinta-feira, 27, no Estádio Municipal Barão da Serra Negra, seu último treino antes do pontapé inicial na segunda fase da Copa Paulista. O adversário, pelo grupo 8, será o Taubaté, nesta sexta-feira, às 20h, em Piracicaba. Antes do técnico Cléber Gaúcho conceder sua coletiva pré-jogo, quem falou com a imprensa foi o novo reforço do Nhô Quim para a sequência do torneio estadual, o lateral-esquerdo Radar, ex-Confiança/SE.

“A expectativa é a melhor possível. Todos me receberam de braços abertos. A melhor coisa que tem é você chegar em um clube e ser bem recepcionado por todos. Vou dar o meu melhor para ajudar o XV. É uma honra voltar a jogar em São Paulo. Espero desempenhar meu futebol e colaborar com a equipe”, disse o atleta de 32 anos, que atuou pelo São Bernardo em 2013 e ainda tem no currículo passagens por Chapecoense, Fortaleza, Boa Esporte, entre outros.

O jogador fez sua última partida em agosto, no Campeonato Brasileiro Série C. Mesmo assim, Radar falou que não será necessário muito tempo para estar apto para entrar em campo e defender as cores do Nhô Quim. “A minha recuperação é boa e já estou bem melhor fisicamente. Não estou com ritmo de jogo, mas me coloco à disposição para contribuir. O objetivo é fazer uma bela campanha”, externou o lateral-esquerdo.

Com a apresentação de Radar encerrada, Cléber Gaúcho foi até a Sala Bauma de Imprensa e analisou o Burro da Central. “Talvez o diferencial para Ituano e Novorizontino seja a experiência, pois eles possuem um elenco mais rodado. São atletas que estão acostumados com embates aqui no interior paulista”, apontou o treinador, citando ainda a dissemelhança para os outros concorrentes por um lugar nas quartas-de-final do certame.

Ciente que novamente o Alvinegro terá dificuldades pela frente, o comandante passou segurança. “Nós viemos de um grupo que também era muito forte. Lógico que respeitamos nossos adversários, mas, justamente pelo o que passamos anteriormente, confiamos ainda mais nos nossos jogadores e no nosso trabalho. Portanto, temos que seguir fortes para conquistarmos uma das duas vagas à próxima etapa da competição”, concluiu.

Piracicaba Digital

PIRADIGITAL © 2017 Todos os direitos reservados