Laboratório Municipal amplia grade de exames

Vão entrar na grade um exame específico para diagnóstico de sífilis congênita e outro, a Troponina, para diagnóstico do infarto do miocárdio.

28/09/2018 | 15:30
Última atualização: 28/09/2018 | 15:53

Foto: Divulgação (Secretaria da Saúde).

Com a assinatura recente do contrato da prefeitura com a empresa Siemens – Healthcare e Diagnósticos, para locação de equipamentos de imunoquímica, o Laboratório Municipal vai ampliar a oferta de exames na rede pública de saúde. Vão entrar na grade um exame específico para diagnóstico de sífilis congênita (sorologia para Sífilis pelo método de quimioluminescência) e outro, a Troponina, para diagnóstico do infarto do miocárdio.

Como explicou Luiz Francisco Mendes, coordenador do Laboratório Municipal, “foi decidido que a triagem inicial da Sífilis na Rede Municipal de Saúde será realizada por um método mais avançado. A decisão foi tomada após analisarmos pesquisas recentes, na Europa e Estados Unidos, que nos darão maior segurança no diagnóstico da doença”.

Sendo assim, a nova tecnologia será de grande importância, principalmente para as gestantes, na prevenção da mortalidade infantil. A sífilis congênita, por exemplo, é uma das causas de morte fetal e prematuros na gestação. São realizados pela rede uma média de 2.000 exames por mês, sendo 500 só em gestantes

Quanto à Troponina, trata-se de um exame para diagnóstico e acompanhamento do infarto do miocárdio, exclusivo para as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). “Havia essa demanda, que está sendo atendida com essa atualização tecnológica”, concluiu Francisco Mendes.

Para o secretário de saúde, dr. Pedro Mello, o sistema público precisa acompanhar as novas tecnologias para dar conta do crescimento da demanda por exames diagnósticos e preventivos. “As novas tecnologias permitem ganho em agilidade e eficiência, garantindo melhor atendimento aos usuários”, enfatizou.

Piracicaba Digital

PIRADIGITAL © 2017 Todos os direitos reservados