São Pedro começa Campanha de vacinação contra pólio e sarampo

Os chamados “Dias D” estão marcados para 4 e 18 de agosto.

25/07/2018 | 12:01
Última atualização: 25/07/2018 | 12:05

Foto: Divulgação (Prefeitura de Piracicaba)

O Ministério da Saúde e as Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde vão  realizar no período de 4 a 31 de agosto de 2018, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e contra o Sarampo. Os chamados “Dias D” estão marcados para 4 e 18 de agosto.

Em São Pedro, nestes dois sábados a vacinação será realizada na Umis e na UBS São Dimas das 8h às 17h, e nas UBSs Dorothea e Bela São Pedro das 8h às 16h. Nos dias de semana, a vacinação acontece na Umis e UBSs São Dimas e Dorothea das 7h30 às 12h e das 13h às 15h.

Devem ser vacinadas nesta campanha crianças de um ano até quatro anos, 11 meses e 29 dias, totalizando 2,2 milhões de crianças no Estado de São Paulo.

O principal objetivo da campanha é manter elevada cobertura vacinal contra a poliomielite nos municípios, visando evitar a reintrodução do vírus selvagem da poliomielite, bem como vacinar os menores de cinco anos de idade contra o sarampo e a rubéola, para manter o estado de eliminação dessas doenças no país.

A poliomielite e o sarampo são doenças de notificação compulsória e o Brasil tem compromissos internacionais para erradicar e eliminar, respectivamente, estas doenças.

Febre, manchas vermelhas pelo corpo, tosse, coriza e conjuntivite são sintomas do sarampo, que aparecem entre 8 e 12 dias após  a exposição de uma pessoa ao sarampo. Geralmente, o primeiro sintoma é a febre e a erupção cutânea geralmente aparece dois a três dias após a febre começar e dura cinco a seis dias.

A vacina tríplice viral é a medida de prevenção mais segura e eficaz contra o sarampo e protege também contra a rubéola e a caxumba. O calendário estadual de vacina inclui uma dose de vacina aos 12 meses de idade e uma dose tetra viral – contra sarampo, rubéola, caxumba e varicela, aos 15 meses de idade.

Alerta
Segundo levantamento feito pela Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) há um surto de sarampo se espalhando pelos países das Américas. Neste ano, 11 países das Américas notificaram casos confirmados de sarampo.

O sarampo é altamente contagioso e pode ser transmitido por meio de secreções expelidas por meio de tosse e espirro, por exemplo. O vírus fica incubado por um período de 7 a 18 dias e pode resultar em quadros graves, como pneumonia, diarreia e encefalite, ou levar até mesmo ao óbito e por isso a vacinação é tão importante.

 

Piracicaba Digital

PIRADIGITAL © 2017 Todos os direitos reservados