XV empata com Taubaté, mas se despede da Copa Paulista

Com o resultado, o Nhô Quim precisava de uma vitória do Ituano sobre o Novorizontino.

21/10/2018 | 09:00
Última atualização: 20/10/2018 | 20:19

Foto: Bruno Castilho (EC Taubaté)

Com dois tempos distintos (no primeiro o Taubaté saiu na frente, com gol de Jeffinho, aos 25 minutos, e no segundo, quando o XV de Piracicaba criou inúmeras oportunidades, mas só conseguiu empatar aos 42 minutos), o Alvinegro se despede da Copa Paulista 2018 com o empate em 1 a 1 no estádio Joaquim de Morais Filho, em Taubaté, na tarde deste sábado (20 de outubro). Com este resultado, o Nhô Quim precisava de uma vitória do Ituano sobre o Novorizontino.

No entanto, isso não aconteceu. O time de Novo Horizonte venceu o Galo por 2 a 1, de virada, no estádio Dr. Novelli Junior, em Itu, e com isso ficou, inclusive, com a liderança do grupo 8, ao chegar aos 11 pontos ganhos. O Burro da Central, que ficou na segunda colocação da chave, com dez pontos obtidos também segue na competição. O Alvinegro Piracicabano terminou em terceiro, com oito pontos conquistados, e o Ituano em quarto, com três pontos somados.

Jogo
Mesmo precisando do empate para garantir a classificação para as quartas de final, o Taubaté usou o fator casa e começou a partida pressionando o XV. Tanto que, aos três minutos, Jean cobrou falta, Leonardo desviou e a bola foi no travessão quinzista. Dez minutos depois, Eduardo mandou de bicicleta e quase marcou um golaço no Joaquinzão. Aos 16 minutos foi a vez de Erik Mendes tentar um belo gol depois de dar um chapéu no zagueiro e mandar para fora.

No entanto, quem abriu o placar foi mesmo o Burro da Central. Elivelton, aos 25 minutos, lançou Jeffinho, que se livrou da marcação e chutou para fazer 1 a 0 Taubaté. Romarinho arrematou a gol mais duas vezes antes do término da etapa inicial. Na primeira, aos 32 minutos, o atacante não pegou em cheio na bola e, aos 45 minutos, o chute passou perto da trave da meta defendida por Rafael Roballo. Com isso, os mandantes foram para o vestiário em vantagem no marcador.

O segundo tempo foi completamente diferente. O Nhô Quim teve inúmeras oportunidades de marcar. Em cinco minutos, o Alvinegro já havia chegado duas vezes, em cabeçadas de João Victor e Lucas Formiga para fora. Quando a bola não saia pela linha de fundo, era Rafael Roballo que evitava que os comandados de Cléber Gaúcho marcassem. Como em arremate de Lucas Formiga, aos oito minutos, e em finalização de Gabriel Tonini, aos 11.

Em seguida, Mario Sérgio ainda cabeceou para fora. Aos 21 minutos foi a vez de Cássio Gabriel errar o alvo após abafa na área adversária. Com o passar do tempo, o Taubaté foi se fechando e utilizando os contra-ataques. Foi assim que, aos 30 minutos, Eduardo chegou próximo ao gol e rolou para Erik, que mandou a bola pela linha de fundo. De tanto insistir, o XV igualou o marcador aos 42 minutos, com André Cunha, que aproveitou indefinição da defensiva rival.

Com a vitória do Novorizontino sobre o Ituano, o empate não era suficiente e o Nhô Quim se lançou de vez ao ataque em busca da virada. Com isso, o Burro da Central ainda quase fez mais um, entretanto Erik mandou na trave, aos 44 minutos, e na rede pelo lado de fora, aos 48 minutos, nas duas chances que teve. Os atletas quinzistas lutaram até o último instante, sem conseguir, porém, o tento que colocaria o clube nas quartas de final da Copa Paulista 2018.

Ficha técnica
Copa Paulista – 2ª Fase
6ª rodada
Taubaté 1×1 XV de Piracicaba
Data – 20/10/2018
Horário – 15h00
Local – Estádio Joaquim de Morais Filho, Taubaté
Árbitro – Flavio Rodrigues de Souza
Assistentes – Enderson Emanoel Turbiani da Silva e William Trufelli Malaquias
Quarto árbitro – Daniel Carlos Luciano Fernandes
Assessor – Philippe Lombard
Gols – Jeffinho aos 25′ 1/T (TAU); e André Cunha aos 42′ 2/T (XVP)
Cartões amarelos – Eduardo e Rafael Roballo (TAU)

Taubaté – Rafael Roballo; Hiago, Henrique e Donato; Jean, Moradei, Elivelton, Jeffinho (Guarú) e Michael (Hugo); Erik e Eduardo (Dill)   Técnico: Marcelo Martelotte

XV de Piracicaba – Leonardo; Mario Sérgio (Danilo Melega), Caio Souza, João Victor e Rafael Rosa; Gabriel Tonini (André Cunha), Pereira e Cássio Gabriel; Lucas Formiga, Romarinho e Erik Mendes (Marcelo Fernandes)   Técnico: Cléber Gaúcho

Piracicaba Digital

PIRADIGITAL © 2017 Todos os direitos reservados