Capivaras Roller Derby participa do Campeonato Brasileiro

Grupo é o único do interior do Estado de São Paulo a participar da competição anual.

01/11/2018 | 11:00
Última atualização: 01/11/2018 | 10:51

Foto: Divulgação

A equipe Capivaras Roller Derby de Piracicaba (SP) disputa a 7ª edição do Campeonato Brasileiro que será realizado de 2 a 4 de novembro, em São Paulo (SP). O grupo é o único do interior do Estado de São Paulo a participar da competição anual que reúne ligas do Brasil e conta com oficinas, bootcamps e amistosos.

O grupo piracicabano leva para a Capital 15 integrantes, sendo 10 atletas. “A liga Capivaras está ativa há dois anos, porém, pela primeira vez conseguimos montar uma equipe preparada para participar dessa competição”, explica a integrante Caroline de Souza.

Início
A Liga Piracicabana de Roller Derby foi criada em agosto de 2016 quando cinco garotas se reuniram com o objetivo de formar uma nova liga de Roller Derby no interior. Empenhadas na criação do novo time, resolveram batizá-lo como “Capivaras Roller Derby”, em homenagem a Piracicaba, famosa por suas constantes invasões feitas por esse animal característico. O animal foi o pressuposto para a criação de um time de mulheres fortes, prontas para manter presença na cidade com sua invasão.

Determinadas a fincar o pé na cidade e tornar o esporte conhecido durante essa jornada, as skaters conhecidas como capivaras tem recrutado e treinado seu time principal intensivamente para participar do Brasileirão de Roller Derby, o principal evento de Roller Derby do país.

Origem
Com origem nos Estados Unidos, o Roller Derby é uma disputa entre duas equipes numa espécie de corrida sobre patins de rodas paralelas (quad) em uma pista oval. Cada time conta com cinco jogadoras (4 Blockers e uma Jammer) e vence aquele cuja Jammer (atacante) der o maior número de voltas ultrapassando as patinadoras adversárias e fazendo pontos; ou seja, um esporte onde não se corre atrás de bola, mas sim da  jogadora que carrega uma estrela, a Jammer. É um esporte praticado por mulheres com mais de 18 anos pois envolve alto contato, agilidade, força e velocidade. Portanto, equipamentos de segurança como capacete, joelheira, cotoveleira, munhequeira e protetor bucal são essenciais.

Piracicaba Digital

PIRADIGITAL © 2017 Todos os direitos reservados