ConSertão faz homenagem a música caipira em Piracicaba

Consolidado em 2018, projeto volta à cidade que recebeu a sua estreia, com novos solistas, em show recheado de sucessos

10/01/2019 | 15:00
Última atualização: 10/01/2019 | 14:16

Foto: Gustavo Torres

Com um público total de mais de 15 mil pessoas em 2018, o projeto ConSertão volta para a Piracicaba (SP) em uma nova roupagem, mas com a mesma emoção e amor pela arte caipira. No dia 17 de janeiro (quinta-feira), às 19h, na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz/Universidade de São Paulo (Esalq/USP), os artistas Cláudio Lacerda, Rodrigo Zanc, João Paulo Amaral e a Orquestra Sinfônica de Piracicaba, sob a regência do Maestro Luís Fernando Fischer Dutra se apresentam tocando clássicos da música caipira.

Desta vez, além de promover a arte e a cultura entre os espectadores, o ConSertão se apresentará em prol de causas sociais do município. Quem for assistir ao concerto, poderá doar 1kg de alimento não perecível, que será destinado a duas instituições de caridade da cidade: Obras de Maria e Aliança de Misericórdia.

O projeto concebido por Cláudio Lacerda, Diretor da Cantoria Produções Artísticas e solista de voz nas apresentações, busca elevar a música caipira a um patamar que ela merece, valorizando a cultura do campo. “Isso é uma bandeira para mim! O repertório é formado por clássicos do gênero, canções que ajudaram a moldar a identidade cultural do interior de São Paulo e Estados vizinhos, região conhecida como Paulistânia”, revela Cláudio.

A maioria dos compositores homenageados são de São Paulo, estado onde se originou uma parcela de fundamental importância dos compositores e intérpretes do gênero. Alguns dos homenageados serão Teddy Vieira, João Pacífico, Dino Franco, Tião Carreiro, Renato Teixeira, Rolando Boldrin, Elpídio dos Santos, entre outros.

Em 2018, o projeto reuniu mais de 15 mil pessoas em passagem pelas cidades de Araçatuba, Araraquara, Barra Bonita, Paraguaçu Paulista e Piracicaba, cidade essa em que estreou com amplo sucesso, resultando em seu retorno ao campus da Esalq.

Lacerda tem a carreira dedicada à música campesina, com cinco discos lançados e participações de artistas essenciais para o gênero, como Renato Teixeira, Rolando Boldrin, Dominguinhos, Tinoco e Pena Branca.

Nova formação
Unindo a tradicional sonoridade da viola caipira e a imponência de uma orquestra sinfônica, a característica principal dos concertos é juntar dois mundos que parecem tão distantes em princípio, em um único universo cheio de tradição e homenagem à cultura. Para isto, Cláudio Lacerda conta com o auxílio de artistas renomados e completamente entregues à ideia. Em 2019, o cantor terá como parceiro solista de voz, Rodrigo Zanc, músico com vasta experiência no meio musical e exímio violeiro, possui dois discos autorais gravados, que em muito contribuem para a música caipira contemporânea.

Os arranjos orquestrados do projeto foram produzidos pelo músico Neymar Dias, que assina a direção musical e, nesta apresentação, quem empunha a emblemática viola caipira é João Paulo Amaral. Pesquisador do instrumento há mais de quinze anos, João Paulo se destaca por propor novos caminhos para a música. Seu contato com o universo musical caipira começou na infância quando acompanhava o pai em cantorias. Pós-graduado pela Unicamp, atualmente é professor da Faculdade Cantareira e EMESP Tom Jobim. Além de sua carreira solo, é diretor da Orquestra Filarmônica de Violas e integrante do Conversa Ribeira.

Junto aos artistas, a tradicional Orquestra Sinfônica de Piracicaba (OSP), conjunto de música erudita com maior tempo em atividade no país, com 118 anos de trajetória, apresenta-se, conduzida por Luís Fernando Fischer Dutra. Levando ao público uma experiência única, em diferentes linguagens artísticas, os artistas unem-se para enaltecer e homenagear a junção dos estilos erudito e sertanejo raiz.

Cultura regional em destaque
Seguindo seu compromisso de proporcionar cultura e arte para toda a comunidade, a Raízen é patrocinadora do projeto. Débora Barros, coordenadora de Relações Externas da empresa, ressalta a importância da iniciativa: “Mais uma vez a Raízen colabora para o fortalecimento da cultura e tradição na nossa região. É um privilégio proporcionar momentos como este à comunidade para celebrar nossa herança cultural e homenagear grandes nomes da música caipira. A Raízen é uma grande entusiasta de iniciativas como esta, que oferece cultura e arte para um público diversificado. É desta forma que garantimos a inclusão de todos e isso possibilita oferecermos cultura e arte a um universo tão grande de pessoas. Um dos principais valores na Raízen é o ampliar o melhor de cada um. E é assim que atuamos em todas as nossas frentes de negócio, prezando pela igualdade e diversidade”.

Serviço
ConSertão Piracicaba
Data: 17 de janeiro de 2019 (quinta-feira)
Horário: 19h
Local: Campus da Esalq – Avenida Pádua Dias, 11 – Agronomia, Piracicaba – SP
Entrada gratuita e solidária: O público poderá doar 1 kg de alimento não perecível, destinado aos grupos Obras de Maria e Aliança de Misericórdia.
Classificação: Livre
Informações: facebook.com/consertao
instagram.com/consertao.oficial

Piracicaba Digital

PIRADIGITAL © 2017 Todos os direitos reservados