São Pedro conclui a construção de 790 residências

Imóveis deram origem aos residenciais São Francisco e São Pedro.

23/01/2018 | 14:20
Última atualização: 23/01/2018 | 13:45

Foto: Priscila Alves (Prefeitura de São Pedro)

Mais 225 moradores de São Pedro (SP) realizaram, na manhã desta terça-feira (23), o sonho de receber as chaves da casa própria. A entrega dos últimos módulos de um total de 502 casas de 44 metros quadrados cada conclui o projeto de 790 residências construídas pela Ecovita.

Os imóveis deram origem aos residenciais São Francisco e São Pedro. “Este é um momento de bastante alegria que precisa ser comemorado.  Após 12 anos sem nenhum programa habitacional em São Pedro, as condições obtidas, com subsídio de até R$ 25 mil pelo Programa Minha Casa Minha Vida, foram muito boas”, afirma o prefeito Helinho Zanatta (PPS).

A cerimônia contou com a participação do vice-prefeito e presidente do Saaesp (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de São Pedro) Thiago Silva, gerente da Caixa, Inayá Mantovani, os diretores  da Ecovita, Elaine Simões, Olair Ribeiro, Luiz Antonio Caetano e o engenheiro Ricardo Leonel.

O prefeito anunciou também conversas realizadas com a Ecovita para que empreendimentos similares possam ser apresentados. “Já marcamos reunião em São Paulo em busca de novos subsídios”, disse.

“O sonho iniciado em 2013, quando começamos a conversar com a Ecovita, se completa nesta manhã”, disse Thiago Silva. Ele destacou que a parceria entre a construtora, a Prefeitura e a Caixa viabilizou o caráter social do empreendimento, característica que garante isenção de impostos e outros benefícios. Na prática o valor total do imóvel fica menor para o proprietário.

A Prefeitura de São Pedro transformou a área onde as casas foram construídas – na região do bairro Horto Florestal –  em área de interesse social, medida aprovada também pela Câmara Municipal. Além dos imóveis, a área também recebeu toda  a infraestrutura, como rede de água e esgoto, pavimentação e iluminação pública.

“Este projeto foi muito bem estudado e acompanhado. Tivemos vários desafios em relação a prazos, mas conseguimos  e hoje é um dia muito emocionante. Somos privilegiados por conseguir todas estas condições”, disse Elaine Simões, que agradeceu a parceria da Prefeitura, da Caixa e o empenho dos funcionários da empresa.

Dupla premiação
Entre os 225 proprietários que receberam as chaves das casas nesta terça-feira está Maria Aparecida de Oliveira Peixoto. A casa dela tem um diferencial das outras:  está inteira mobiliada. Ela foi sorteada e recebeu todos os móveis, objetos de decoração e eletrodomésticos que estavam na casa modelo.  “A felicidade veio em dobro”, disse Maria, que atualmente mora no bairro Vila Nova com a mãe. Na nova casa vai morar com o filho, Mauro Peixoto de Lima Júnior.

Segundo a Ecovita, os residenciais São Pedro e São Francisco, que ao todo terão 790 casas, concentram investimento R$ 13 milhões, com subsídios de R$ 3 milhões.

 

Maria Aparecida de Oliveira ganhou todos os móveis da nova casa em sorteio/Foto: Priscila Alves (Prefeitura de São Pedro)

Piracicaba Digital

maxgourmet

PIRADIGITAL © 2017 Todos os direitos reservados