Homem de 22 anos morre em troca de tiros com a polícia

Caso foi registrado na noite de quinta-feira (4 de outubro), em Piracicaba (SP).

05/10/2018 | 14:40
Última atualização: 05/10/2018 | 14:40

Foto: Banco de imagens (Pixabay)

Um jovem de 22 anos morreu, na noite de quinta-feira (4 de outubro), durante troca de tiros com um policial militar (PM) no bairro Novo Horizonte, em Piracicaba (SP). De acordo com informações do boletim de ocorrência, o sujeito foi abordado em um Ford Fiesta roubado uma hora antes. Um ajudante de pedreiro de 21 anos, que também estava no veículo, foi detido. O caso foi registrado como homicídio simples.

Ainda segundo o registro da Polícia Civil, a PM  fazia patrulhamento pelo bairro quando avistou o carro, no contra fluxo, na Rua Laura Fernandes de Campos Ferrari – minutos antes tinham recebido a informação sobre o roubo do automóvel. Foi dado sinal sonoro de parada, mas o condutor não obedeceu.

Os policiais acompanharam o Ford Fiesta e pediram apoio de outras equipes. Na esquina da via com a Rua Governador Valadares a dupla foi abordada. O ajudante de pedreiro, que estava como passageiro do veículo, ergueu as mãos e deitou-se no chão. Já o condutor fugiu a pé e foi perseguido por um oficial.

Durante a perseguição, o acusado apontou a arma duas vezes para o policial militar de 29 anos, que revidou e efetuou dois disparos contra o sujeito que continuou a fugiu em direção a um matagal. Escondido, o jovem disparou novamente contra o oficial, que novamente fez  outros dois disparos.

Ao constatar que o homem estava ferido, o policial acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que registrou a morte do rapaz. Ele tinha perfurações na região do peito e do abdome.

As armas e munições foram apreendidas e enviadas ao Instituto de Criminalística local. Os objetos – uma carteira e um aparelho celular foram apreendidos. O ajudante de pedreiro que estava no veículo disse não saber que o colega estava armado e nem que o carro era roubado.

Roubo
Um empresário de 31 anos revelou que estava em um semáforo com o seu Ford Fiesta preto quando foi abordado em frente a um posto de combustível por um homem armado. Mediante ameaça fez com que ele pulasse para o banco do passageiro e permanecesse abaixado.

Ele foi liberado próximo ao Clube Saudosista, no bairro Paulicéia. O sujeito fugiu com o veículo da vítima, R$ 150 em dinheiro, uma cadeirinha de criança e aparelho celular.

Juliana Franco

Diretora de Jornalismo | PIRADIGITAL | juliana@piradigital.com.br

PIRADIGITAL © 2017 Todos os direitos reservados