Explosão de reator mata três pessoas e deixa uma ferida em Charqueada

Acidente aconteceu na manhã desta terça-feira (9) em uma empresa de produtos químicos.

09/10/2018 | 12:02
Última atualização: 09/10/2018 | 13:50

Foto: Divulgação.

Um reator explodiu em uma empresa de produtos químicos localizada no bairro Boa Vista, em Charqueada (SP), na manhã desta terça-feira (9). De acordo com as primeiras informações, confirmadas pela Polícia Militar, a explosão causou a morte de três pessoas e deixou uma levemente ferida. A reportagem entrou em contato com a equipe do Corpo de Bombeiros para saber mais detalhes, mas até finalização da reportagem, eles ainda trabalhavam no local.

A estudante de publicidade e propaganda Milena Soares, que mora próximo da empresa, conta que estava escovando os dentes quando, por volta das 8h20, ouviu uma explosão. “Não sabia o que era. Tremeu tudo e eu fiquei assustada. Sem saber o que tinha acontecido, fui para o ponto de ônibus e uma mulher me disse que tinha ocorrido um estouro na empresa e que saiu bastante fumaça”.

Um funcionário que conversou com a reportagem, mas não quis se identificar, relatou que, por volta das 9h, quando estava em uma reunião administrativa, ele e os colegas ouviram um barulho. Após irem até o local para verificar o que tinha acontecido, constataram que um reator havia estourado.

“A princípio o Corpo de Bombeiros veio confirmar que teve três vítimas. Uma, se não me engano, já foi levada para o pronto-socorro aqui de Charqueada para atendimento. Nesse momento é o que eu sei. Nós já dispensamos todos os funcionários”, disse.

A empresa tem 64 funcionários e funciona desde 2006 no local. De acordo com o funcionário, o reator estava alvejando óleo de soja refinado quando a explosão aconteceu. “De imediato nós já acionamos todo o efetivo de brigadistas e também o Corpo de Bombeiros, Ambulância…”, contou.

Ainda não há informações de quem são as vítimas do acidente, assim como a pessoa que se feriu. Uma mulher, que conversou com o Piradigital, mas também não quis se identificar, disse que uma das vítimas fatais pode ser amigo dela. Ela recebeu mensagens por uma rede social afirmando que ele estaria entre os atingidos pelo acidente. Apesar disso, enquanto não há confirmação oficial, ela disse ter esperança de que não seja a mesma pessoa.

A provável vítima, teria 29 anos e trabalhava na empresa há cerca de três anos. “Acredito que nem a família saiba ainda e não queria me envolver, até porque, eu estou com esperança de que não seja ele”.

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria do Meio Ambiente (Cetesb), a equipe técnica da Agência Ambiental de Piracicaba e da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo está no local. O corpo de bombeiros realiza o rescaldo das áreas e não é possível entrar na empresa.  A equipe da Cetesb espera a liberação do local.

Ao longo do dia a reportagem do Piradigital atualiza o caso.

Foto: Divulgação.

 

Arlete Moraes

Jornalista | PIRADIGITAL | arlete@piradigital.com.br

PIRADIGITAL © 2017 Todos os direitos reservados