Engenheiro perde R$ 70 mil na compra de créditos de empresas

Homem investiu dinheiro com a promessa de liquidez diária e o retorno do valor. Caso foi registrado em Piracicaba (SP).

12/01/2018 | 12:40
Última atualização: 12/01/2018 | 11:23

Foto: Banco de imagens (Pixabay)

Um engenheiro de 26 anos, que mora em Piracicaba (SP), perdeu R$ 70 mil ao investir em uma instituição de compra de créditos de empresas. De acordo com o boletim de ocorrência, registrado na quinta-feira (11), o homem empregou R$ 20 mil e R$ 20 mil nos meses de agosto e setembro de 2017, respectivamente. A promessa era de liquidez diária e retorno do valor aplicado no final de três meses ou até que ele fizesse uma reaplicação.

A vítima realizou o saque de R$ 10 mil e, o contrato da empresa dizia que o homem deveria receber R$ 79.526 mil. Até o momento, não teve retorno do valor. Ainda segundo o engenheiro, o valor sacado foi reduzido do montante a receber. O caso foi registrado como estelionato.

Outro caso
Uma ajudante de 24 anos a sua Honda NXR 150 Bros em uma negociação. De acordo com o boletim de ocorrência, registrado na quinta-feira (11), a vítima negou a venda do veículo pelo valor de R$ 8 mil.

Na ocasião, o comprador disse que já tinha depositado o dinheiro na conta dela. Consequentemente, os dois foram até um cartório para oficializar a transferência da motocicleta.

Depois de feito o documento, a ajudante foi até o banco para verificar o desbloqueio do depósito e foi informada por uma funcionária da instituição que o valor estaria disponível no período da tarde. Ao retornar a agência bancária, recebeu a informação de que não havia nenhum valor creditado em sua conta – também não havia lançamentos futuros.

Arlete Moraes

Jornalista | PIRADIGITAL | arlete@piradigital.com.br

maxgourmet

PIRADIGITAL © 2017 Todos os direitos reservados