Em busca de segurança, Prefeitura faz adesão ao Sistema Detecta

Projeto de lei que pedia a aprovação do convênio foi aprovado pela Câmara de Vereadores.

05/11/2018 | 17:30
Última atualização: 05/11/2018 | 16:46

Foto: Felipe Ferreira (CCS)

A Prefeitura de Piracicaba (SP) aderiu ao Sistema Detecta, ferramenta do governo do Estado, que permite acesso exclusivo aos dados de interesse da segurança pública e de cooperação entre os órgãos públicos. O projeto de lei que pedia a aprovação do convênio foi aprovado pela Câmara de Vereadores. Dez radares de velocidade estão ligados ao sistema e, em breve, adequações serão feitas para que as 118 câmeras da Central de Monitoramento da Guarda Civil (Cemel) também transmitam os dados ao Detecta, sistema que auxilia no combate à criminalidade, em ações como interceptação de veículos, apreensão de armas de fogo ilegais e prisões de procurados pela Justiça.

O Detecta é uma ferramenta de Big Data, que emite alertas de situações de crimes e integra bancos de dados policiais e de outros órgãos, como Registro Digital de Ocorrência (RDO), Instituto de Identificação (IIRGD), Sistema Operacional da PM (SIOPM – 190), Infocrim, Sistema de Fotos Criminais (Fotocrim), além de dados de veículos e de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do Detran.

De acordo com o prefeito Barjas Negri, por meio do convênio serão feitas ações conjuntas entre Estado e Município, voltadas à prevenção de crime e de violência. “A proposta objetiva apenas a integração de dados, dentro dos sistemas hoje já existentes no município e daqueles que vierem a existir, não representando qualquer aumento das despesas públicas, nem implicando em repasses de recursos entre os órgãos do Estado e Município”, explica Barjas.

O secretário de Trânsito e Transportes, Jorge Akira, revela que a adesão vai ajudar na diminuição de acidentes no município, já que veículos roubados geralmente transgridem as normas de trânsito e possibilitam haver mais intercorrências.

A comandante da Guarda Civil (GC), Lucineide Aparecida Maciel, explica que o Sistema Detecta vai interligar o sistema de câmeras da Central de Monitoramento Eletrônico (Cemel) da Guarda Civil, bem como os radares por meio da tecnologia de Reconhecimento Ótico de Caracteres (OCR), para reconhecimento de placas dos veículos integradas ao Detecta, pelo Sistema Radar.

“Esse sistema permitirá que a Guarda Civil receba informações de registros de ocorrências do banco de dados da Secretaria Estadual de Segurança Pública, potencializando as ações da Guarda Civil na identificação de veículos envolvidos em crimes, dando maior agilidade, assertividade e eficiência no combate à criminalidade. A GC trabalha de maneira integrada com a Polícia Militar e Polícia Civil, cada uma dentro de suas atribuições, sendo que com a implantação deste convênio fortalecerá ainda mais esta integração. Essas medidas têm por objetivo a modernização da Guarda Civil, garantindo assim maior segurança para a população”, ressaltou a comandante.

 

 

Piracicaba Digital

PIRADIGITAL © 2017 Todos os direitos reservados