Desempregado é preso com drogas e mais de R$ 26 mil

Na abordagem foram apreendidos 74 pedras de crack, 60 invólucros de maconha e um de cocaína.

30/12/2017 | 16:10
Última atualização: 30/12/2017 | 15:33

Foto: Banco de imagens/Pixabay

Um desempregado de 19 anos foi preso com R$ 26,926 em dinheiro, 74 pedras de crack, 60 invólucros de maconha e um de cocaína na Rua dos Araças, no bairro Mario Dedini, em Piracicaba (SP). A apreensão ocorreu na noite da quinta-feira (28).

Os policiais militares faziam patrulhamento na região do Bosque dos Lenheiros quando foram abordados por um popular. Na ocasião, o homem informou que um homem armazenava drogas em um imóvel.

Ao irem verificar a denúncia, os PMs encontraram o suspeito que negou a posse dos entorpecentes e autorizou que eles entrassem na casa. No primeiro quarto revistado, os policiais encontraram R$ 1.028 e a porção de cocaína dentro de uma caixa.

No canto do guarda-roupas haviam duas fitas adesivas, um aparelho celular e dois cadernos com anotações.O restante das substâncias e o valor de R$  25.898 estavam em uma sacola no outro quarto da casa.

Questionado, ele confessou que os entorpecentes eram seus e que os comercializava. O homem afirmou ainda que, o dinheiro encontrado era proveniente da venda das substâncias.

Outra prisão
Na noite do mesmo dia, um desempregado de 25 anos foi preso com drogas também na Rua dos Araças. Ele estava com 14 frasconetes de cocaína, 55 prensadinhos de maconha e 99 pedras de crack.

De acordo com o boletim de ocorrência, ao ser abordado, o homem confessou aos policiais que traficava e disse que estava começando as vendas da noite e que por isso não tinha dinheiro consigo.

Bosque dos Lenheiros
Na noite da quinta-feira (28), um desempregado de 22 anos foi preso por tráfico de entorpecentes na Rua dos Topázios, no Bosque dos Lenheiros. As drogas estavam em um quarto no fundo da casa onde ele mora.

No guarda-roupas foram apreendidos quatro porções de maconha, material para embalagem e um facão. Além desses, em uma sacola estavam uma porção a granel de cocaína, 800 recipientes usados para armazenar drogas vazio, 156 adesivos para identificar os entorpecentes e 21 munições de calibre 38.

A ação começou quando os policiais civis receberam denúncia de que um homem armazenava drogas em uma residência no bairro Mario Dedini. Eles foram até o local para investigar.

Ao chegar na casa eles encontraram o suspeito que, ao ser questionado sobre as substâncias e as munições, assumiu que traficava. Apesar disto, afirmou que não tinha conhecimento sobre o conteúdo do saco plástico e que o guardava para uma pessoa cujo o nome não podia dizer.

No telhado da casa vizinha foi encontrada uma mochila com dois tijolos de maconha, quatro porções da mesma droga, 118 pinos de cocaína idênticos aos que foram vistos vazios na casa, 56 porções de maconha e 36 saquinhos plásticos com as mesmas substâncias localizadas anteriormente e, alguns deles, usando os mesmos adesivos.

Na mochila também havia uma balança de precisão. Questionada, a irmã do rapaz, que estava no imóvel e saiu para prender o cachorro, negou que tivesse colocado as drogas no  local. O desempregado reconheceu os entorpecentes, mas negou que bolsa fosse sua.

Ambos foram levados para a delegacia, mas apenas o irmão ficou preso. O celular foi apreendido para passar por perícia.

Via Cristina
Ainda na noite da quinta-feira (28), mais um desempregado foi preso com drogas. O homem de 32 anos foi localizado na Rua Francisco de Assis Iglesias, bairro Vila Cristina.

Com ele foram apreendidos 17 frasconetes de cocaína e quatro prensadinhos de maconha. O homem foi detido em flagrante e recolhido por crime inafiançável.

 

Arlete Moraes

Jornalista | PIRADIGITAL | arlete@piradigital.com.br

PIRADIGITAL © 2017 Todos os direitos reservados